13 de dezembro de 2010

Shirley Bassey

Publicado em Abril de 2010 no Atual do Expresso:


Shirley Bassey
The EMI/UA Years 1959-1979
5 CD EMI

A reedição desta caixa originalmente lançada em 1994 permite acompanhar a história de Dame Shirley Bassey precisamente a partir do ponto onde “Burn My Candle – The Complete Early Years 1956-58”, do ano passado, terminava. As duas décadas aqui cobertas são as décadas maiores de Bassey. As décadas onde ela solta a voz (e de que maneira), a interpretação ganha espessura e melodrama e a base orquestral insufla exponencialmente. É sobretudo com ‘Gone’, de 1964, que ganha forma a pop adulta, ligeira e over the top que se associa à cantora, e que chegaria pela primeira vez à perfeição no mesmo ano com ‘Goldfinger’. Neste mundo o rock só se pressente, e de forma ténue, com os muitos temas de “Something” aqui incluídos; o álbum de 1970 foi porventura o seu pico artístico e comercial, com arranjos renovados e mais sanguíneos, um sopro de modernidade instrumental a evocar Isaac Hayes, e versões de Beatles e Doors (‘Light My Fire’, melhor do que o original). Pena que no resto da década se instale um certo bolor sentimentalóide. Nesta recolha abundam os temas inéditos e/ou que nunca tinham chegado a LPs, além de uma rodela, a última, com um inédito registo de um concerto no Carnegie Hall em 1964.

Sem comentários: