2 de junho de 2010

João Loureiro

Publicado na Time Out Porto de Abril:


Já foi campeão de futebol e fez da pop mais moderna dos anos 1980 e 90, mas será o seu plano de ataque ao mundo de aventuras suficiente para chegar à nota máxima?

1> Que grupo lançou o ano passado uma versão de “Irreal Social”?
Sei que tem uma voz feminina… Até tive que dar anuência como autor, mas neste momento não me recordo do nome do grupo. Peço desculpa pela indelicadeza. É sempre simpático haver alguém que se lembre de fazer versões de músicas nossas, mas neste momento deu-me uma branca. Chamam-se Seda? Exacto! Não tenho a certeza, mas acho que é a única versão editada de um tema dos Ban. Se gostei? Sim… O gosto é subjectivo por natureza. Eu não faria assim, mas por isso é que é uma versão. Está razoavelmente conseguida. Aceito que haja um grupo que faça aquela abordagem.

2> Como se chamava o tema no lado b do single dos Bananas [primeiro nome dos Ban], “Identidade”, de 1983?
“Virgens-Impulsos”.

3> Que canção fecha o álbum Mundo de Aventuras, de 1991?
Depende se for a versão vinil ou CD. Na versão vinil é uma música muito calma, muito bonita, “Regresso”. Na versão CD há uma música extra… Não, é também o “Regresso”. O “Solitária”? Ah, tem razão. Essa é que é a faixa extra no CD.

4> Qual é o verdadeiro nome do Martelinho?
Joaquim Pereira da Silva.

5> Em que ano entrou Ana Deus para os Ban?
Em 1987.

6> Na época em que o Boavista foi campeão, quem foram os melhores marcadores da equipa?
Foi o Silva, e a seguir pode ter sido o Whelliton, ou o Sanchez. O Litos também marcou muitos golos, o Martelinho, o Duda… Foi muito dividido, praticamente toda a equipa marcava golos.
[Resposta certa: Duda e Silva, dez golos cada.]

7> Como se chamava o baterista inglês que tocou em 92 no álbum dos Zero [projecto paralelo de João Loureiro que incluía o ex-GNR Alexandre Soares]?
Gary Wallis. Tocava ao vivo com os Pink Floyd. É um grande baterista. Cobrou-nos um décimo do cachet normal. Só tocou por amizade e porque gostou muito das canções. De outra forma, não teríamos dinheiro para lhe pagar.

8> No dia 11 de Setembro de 2001, com quem jogou o Boavista e qual foi o resultado?
Com o Liverpool. Foi um problema, porque tínhamos um charter para Portugal. Em primeiro lugar, nem se sabia se ia haver jogo. Era um jogo da Liga dos Campeões. Havia a dúvida se podíamos ou não regressar naquela noite a Portugal, porque o espaço aéreo inglês esteve fechado durante um tempo. Foi precisa uma autorização especial do ministério inglês da Administração Interna [para levantar voo]. Lembro-me que a revista na entrada do avião foi rigorosíssima. O resultado foi 1-1.

9> Complete o seguinte verso do hino do Boavista: “Boavista, Boavista, é do Porto muito…”
[Canta repetidamente o trecho, sem chegar à última palavra.] Deu-me uma branca completa. Essa música sai-me normalmente de uma assentada. Sei que acaba em “al”… Não? Então diga lá. “Amado”, é verdade [risos].

10> No dia em que foi campeão nacional, fez três agradecimentos. A quem?
A Deus fiz de certeza. Presumo que à família… Talvez à minha mulher e à minha mãe.

5 comentários:

lisabel disse...

Oh. Como boavisteira gostei muito desta entrevista, embora também me tenha deixado um pouco triste...

Beijinhos, Jorge! Espero que esteja tudo bem.

Jorge Manuel Lopes disse...

Ah, bem me parecia que conhecia 2 adeptas do Boavista. (A outra é a Ana Dias Ferreira.) Go figure... :-p

Já percebi que travaste conhecimento aprofundado com o nosso sistema de saúde... Espero que o encontro tenha sido pacífico e, principalmente, que recuperes o mais rapidamente possível. Beijinhos.

lisabel disse...

Poucas mas bouas, portanto, diria eu se a modéstia não se metesse no caminho : ))

Talvez por o rendez vous com o sistema nacional de saúde ter tido a mediá-lo um cartãozinho de seguro privado, cortesia laboral, não tenho razão de queixa... e o recobro corre bem! Estou de molho mas estou confortável.

Obrigada e continuação de boas prosas a norte :-)

m/o disse...

Então quando sai o álbum dos Ban? Ficou de fora esta pergunta! De certeza que há mais versões de temas dos Ban. Por exemplo os Tecnocratas, Arte 9 e Portugal a cantar!

m/o disse...

O miguelangelo dos Delfins anda a lançar uns singles digitais. O deste ano tem uma versão do "Irreal Social" e do "Pescador" dos Bramassaji.